Conheça algumas das medidas de proteção coletiva mais importantes

«Voltar
7 de agosto de 2017 - Comentários

© Depositphotos.com / yupiramos As medidas de proteção coletiva são um conjunto de ações técnicas e administrativas que visam preservar a saúde e a integridade física de todos os profissionais.

Segundo pesquisas realizadas pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), o Brasil registra mais de 700 mil acidentes de trabalho por ano, um número que deixa o País na quarta colocação entre os que mais registram este tipo de ocorrência em todo o mundo.

Para tentar reduzir e controlar esses acidentes, prevenindo-os e evitando o desenvolvimento de doenças ocupacionais, foram criadas diversas normas e medidas que visam o bem-estar tanto dos empregados como dos empregadores.

Um dos itens fundamentais para as empresas são as medidas de proteção coletiva — conjunto de ações técnicas e administrativas, além de programas e equipamentos coletivos e individuais que têm como principal objetivo a preservação da saúde e da integridade física de todos os profissionais que trabalham em ambientes que apresentam riscos. Essas medidas também minimizam perdas e aumentam a produtividade dentro das empresas por meio de melhorias nas condições de trabalho.

Uma das principais medidas de proteção coletiva consiste no uso de Equipamentos de Proteção Coletivos (EPCs), dispositivos que conferem maior segurança para os trabalhadores, contribuindo diretamente para a redução de acidentes e melhorar a eficiência dos processos dentro da empresa.

Para mostrar a importância dessas ações, separamos abaixo as principais medidas de proteção coletiva existentes. Confira:

10 medidas de proteção coletiva fundamentais