Entenda a importância das luvas antivibração no controle de risco

«Voltar
14 de novembro de 2018 - Comentários

iStock / Getty Images Plus / Sergii Petruk Indicadas especialmente para atividades que envolvem uso de maquinário pesado, as luvas antivibração absorvem até 43% das vibrações ocupacionais.

As luvas antivibração destacam-se como um Equipamento de Proteção Individual (EPI) que garante a segurança e integridade física dos usuários durante a execução de trabalhos que o expõem a vibração. Trata-se de um dispositivo de proteção considerado obrigatório pela Norma Regulamentadora de número 6 (NR 6), que determina a necessidade de utilizar EPIs sempre que a atividade profissional oferece riscos ao colaborador.

Vibração ocupacional: o que é e quais os efeitos?

A vibração ocupacional diz respeito à exposição de um profissional a vibrações constantes, geralmente associadas à operação de maquinário pesado que causa tremulações do corpo — tais como tratores e equipamentos de perfuração, compactação de terra ou asfaltamento de ruas. Quem usa ferramentas manuais como furadeiras, compactadores e motosserras também está sujeito às vibrações que, neste caso, afetam apenas regiões específicas do corpo.

Profissionais que executam tarefas que envolvem vibração ocupacional por um curto período de tempo estão sujeitos a sofrer dores musculares, desconfortos abdominais, náuseas e estresse. Caso o colaborador fique muito tempo exposto a este fator de risco, porém, as perturbações podem ser bem mais graves, e incluem: problemas degenerativos, danos ao sistema nervoso e problemas cardíacos.

A síndrome de Raynaud é uma das principais doenças associadas à vibração ocupacional, sendo conhecida também como dedo branco — já que confere um efeito esbranquiçado à extremidade dos dedos, uma consequência da alteração na circulação sanguínea. Este problema pode ser acompanhado por perda da sensibilidade nos dedos do trabalhador.

Todos esses problemas ocorrem porque a vibração dos equipamentos amplifica a vibração natural do corpo, causando desequilíbrios, alterações no fluxo sanguíneo e diversos prejuízos ao bem-estar geral do indivíduo. Para evitar essas consequências, é fundamental que os profissionais estejam devidamente paramentados com EPIs como as luvas antivibração.

Qual a importância das luvas antivibração?

As luvas antivibração disponibilizadas pela Tuiuti Equipamentos de Segurança são indicadas para proteger o trabalhador dos riscos associados à este risco ocupacional, uma vez que absorvem 43% das vibrações de alta frequência e 23% das vibrações de média frequência emitidas por ferramentas e equipamentos manuais ou pneumáticos.

Profissões e situações em que a luva antivibração é necessária

A principal profissão que necessita do uso de luvas antivibração de forma obrigatória é a de operadores de máquinas como britadeiras ou marteletes, que são ferramentas capazes de gerar uma forte vibração quando utilizadas. Portanto, os profissionais que operam estes equipamentos devem sempre utilizar EPIs para vibração, de modo a evitar seus efeitos negativos.

O uso das luvas antivibração também é importante para trabalhadores da área de construção civil, ou em qualquer outro segmento ou atividade que envolva vibração por conta do manuseio de maquinário, ferramentas e equipamentos que causam tremulações.