Kit de resgate em altura: produtos necessários

Trabalhos em altura exigem sempre dos profissionais envolvidos a perícia e a técnica necessárias, uma vez que a grande periculosidade envolvida na execução dessas tarefas é sempre muito grande.

No Brasil, a NR 35 estabelece os parâmetros e regras para execução de trabalhos em altura, onde define, dentre outras coisas, a necessidad

Já para situações que envolvem resgate em altura, se faz necessário o uso do kit de resgate em altura, que deve conter os seguintes produtos:e de cursos de capacitação e treinamento de pessoal.

– Manual de instruções acompanhado de check-list para inspeção dos equipamentos a serem utilizados.

– Bolsa em Nylon Rip Stop.

– 01 lance de corda estática, de 50 metros, específica para trabalhos em altura e resgate, com diâmetro nominal de 10,5 mm e carga nominal de 30

KN.

– Polias axiais (duplas), de resistência nominal de 76 KN e com placas móveis.

– Duas fitas (anéis cozidos), compostas por fibras resistentes a altos esforços, voltadas para realização de ancoragens temporárias, de resistência nominal 28 KN cada;Polia axial do tipo simples, feita em inox, com placas móveis e resistência nominal de 37 KN.

– Mosquetões em aço, de formato oval, com sistema de trava manual e resistência nominal de 22 KN.

– 01 descensor.

– 01 bloqueador de mão com punho.

– Estribo.

– Suspensor.

– Maca de resgate.

Créditos das imagens
Imagem 1
Imagem 2