Conheça a conceito de proteção contra curto circuito e sobrecarga

Além de conhecer bem este conceito, é fundamental colocar em prática as principais medidas para evitar acidentes

Atividades profissionais que lidam com eletricidade apresentam, naturalmente, riscos à integridade física dos trabalhadores. É justamente por isso que, por exemplo, contar com EPI para eletricista é tão fundamental no dia a dia de homens e mulheres de todo o Brasil. Dentro deste cenário, a proteção contra curto circuito e sobrecarga também é um assunto de grande importância e que merece a sua atenção. A boa notícia é que este é o assunto do post de hoje, aqui no blog da EPI Tuiuti.

Proteção contra curto circuito e sobrecarga

O que é?

É um conceito que visa a criação de mecanismos de segurança que têm como objetivo a prevenção de acidentes originados a partir de avarias elétricas.

Como funciona?

Na prática, o sistema / mecanismo corta imediatamente a corrente elétrica no momento em que ocorre algum problema no circuito elétrico, como quando há superaquecimento ou funcionamento inadequado. Quando situações assim ocorrem, o sistema deliberadamente envia uma carga elevada de energia, bem acima do nível projetado para transporte de carga.

Hoje em dia

Muitos sistemas elétricos já apresentam proteção contra curto circuito e sobrecarga, como os famosos relés de sobrecarga, dispositivos que identificam problemas internos do circuito de eletricidade.

Como surgem os problemas?

Basicamente, os problemas surgem quando o fluxo de energia (corrente) é interrompido, causando o curto circuito. Quando há um sistema de segurança, neste momento, o fluxo de energia é imediatamente contido e somente voltará ao normal após a remoção da fonte de interrupção.

Tipos de proteção contra sobrecarga

  • Interrupção e corte da corrente para uma seção isolada.
  • Interrupção e corte da corrente por todo o sistema elétrico.
  • Proteção térmica: determinados dispositivos mecânicos, como motores, apresentam sistemas semelhantes aos citados anteriormente, para identificação de superaquecimento. São utilizados, por exemplo, relés de sobrecarga que “respondem” a temperaturas excessivas. O objetivo é evitar danos permanentes ao motor, forçando um período maior de refrigeração.

E sobre os EPIs para eletricista?

Além de conhecer os conceitos básicos dos riscos envolvidos em trabalhos desta natureza, é fundamental também conhecer os principais equipamentos de proteção individual para eletricistas. Confira na sequência, em ordem alfabética:

A EPI Tuiuti está ao seu lado

Não perca mais tempo na internet pesquisando sobre EPIs para eletricista. Fale hoje mesmo com um dos nossos especialistas e garanta o que há de melhor em temos de qualidade. Outro diferencial é a variedade de produtos: são muitas soluções disponíveis para você comprar o que deseja e na quantidade que precisa.

O atendimento também é personalizado, ágil e preciso, para esclarecer suas dúvidas sobre especificações técnicas, preços e condições. Em outras palavras, tudo o que você precisa é só perguntar para a gente!