Conheça os principais riscos de trabalho em frigorífico e os EPIs indicados para a atividade

Conheça os principais riscos de trabalho em frigorífico e os EPIs indicados para a atividade
O trabalho em frigorífico oferece diversos riscos ocupacionais e, para evitá-los ou minimizá-los, a Norma Regulamentadora 36 torna obrigatório o uso de EPIs nesses ambientes.

 

iStock / Getty Images Plus / artfotoss O trabalho em frigorífico oferece diversos riscos ocupacionais e, para evitá-los ou minimizá-los, a Norma Regulamentadora 36 torna obrigatório o uso de EPIs nesses ambientes.

O trabalho em frigorífico oferece diversos riscos ocupacionais, uma vez que este é um ambiente industrial em que se realiza o abate, processamento e armazenamento de itens de origem animal. Essas atividades fazem com que este seja um ambiente laboral considerado insalubre, pois os profissionais estão expostos a infecções por agentes biológicos, acidentes com ferramentas perfurocortantes e ao clima frio e úmido das câmaras frigoríficas.

Por conta desses riscos, foi criada a Norma Regulamentadora de número 36 (NR 36), que trata justamente da segurança e saúde no trabalho em empresas de abate e processamento de carnes e derivados. Entre as determinações da NR 36, é definido como obrigatório o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) durante o trabalho em câmaras frias e outros ambientes com condições extremas.

Principais riscos de trabalho em frigorífico

Uma vez que o trabalho em frigorífico envolve a estocagem e manipulação de carnes, um tipo de alimento que exige controle rígido de temperatura para se manter conservado, a câmara fria deste estabelecimento pode facilmente ficar abaixo de zero grau. Por conta da temperatura extremamente baixa, profissionais que atuam nesses locais estão sujeitos a desenvolver doenças provocadas por frio ocupacional, tais como: ulcerações da pele, hipóxia e dormência do corpo.

Além disso, os funcionários do frigorífico estão sujeitos a acidentes causados pelas ferramentas perfurocortantes utilizadas no processamento das carnes e a infecções associadas à presença de agentes biológicos. Por isso, é fundamental que os trabalhadores estejam sempre devidamente paramentados com os EPIs necessários para protege-los desses riscos.

Principais EPIs indicados para trabalho em frigorífico

Os EPIs para quem trabalha em frigorífico devem proporcionar proteção contra temperaturas baixas, umidade, ruídos, contaminação biológica e lesões provocadas por objetos cortantes e perfurantes. Os principais são:

Vale destacar que é responsabilidade da empresa contratante oferecer os Equipamentos de Proteção Individual necessários para garantir a proteção dos funcionários que atuam em câmara fria, bem como fornecer orientação e treinamento adequado para que todos saibam como utilizar corretamente os dispositivos. Cabe ao trabalhador, por sua vez, respeitar as normas técnicas de segurança e saúde, usar o EPI de maneira adequada e zelar pela conservação das vestimentas, calçados e acessórios.

Mais Artigos Relacionados

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Sed mollis nibh eros, non porta turpis posuere sed. Pellentesque porttitor elit erat, et consequat purus scelerisque eget. Cras nec libero at magna fringilla dictum.