Riscos na construção civil

Por um longo período, o uso dos equipamentos de proteção individual – EPI’s, foi considerado uma exigência jurídica muitas vezes inconveniente. Assim, era muito comum flagrar pedreiros sem capacete ou até soldadores calçando chinelos.

A realidade das empresas modernas é bem diferente. Hoje se tem consciência da importância do EPI para a segurança do trabalho, além de se saber que equipamentos de qualidade são essenciais para a eficiência das equipes na construção civil. Afinal, os EPI’s podem reduzir ou até eliminar riscos em casos de acidentes, preservando a integridade física dos profissionais. O seu uso ainda reduz estresse e elimina ou diminui muito o custo de um funcionário ausente por motivo de saúde.

Flickr.com/Fernando Stankuns O uso de EPIs pode reduzir ou até eliminar riscos de acidentes em trabalhos da construção civil.

Dentre os principais equipamentos de proteção individual para a construção civil estão:

  • Capacete: para proteger contra possíveis impactos no crânio;
  • Óculos: proteção para os olhos dos trabalhadores;
  • Protetor auricular: proteção para os ouvidos;
  • Mascará de proteção: protege as vias respiratórias;
  • Luvas de couro ou plástico: proteção contra materiais corrosivos ou tóxicos e contra materiais perfurocortantes;
  • Botas ou botinas: protege contra produtos químicos, materiais perfurantes e ainda possíveis colisões;
  • Cinto de segurança: protege contra queda.

O uso dos EPI’s também melhora a qualidade do trabalho. A exposição prolongada a agentes tóxicos podem reduzir a capacidade de atenção e trabalho dos operadores. Entretanto, é fundamental frisar que um EPI de má qualidade pode corresponder a não usar EPI algum.

No caso dos óculos de proteção, produtos ruins não se acomodam adequadamente ao rosto. Dessa forma podem não impedir que materiais projetados durante o trabalho atinjam os olhos do profissional.

A prática de segurança deve ser realizada em todas as etapas da obra. Na construção civil e em muitos outros segmentos, são os EPI’s que proporcionam saúde a curto, médio, longo prazo e, consequentemente, a qualidade no ambiente de trabalho das empresas.

Mais Artigos Relacionados

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Sed mollis nibh eros, non porta turpis posuere sed. Pellentesque porttitor elit erat, et consequat purus scelerisque eget. Cras nec libero at magna fringilla dictum.