Saiba quais os EPCs usados em cozinha industrial

Os equipamentos de proteção coletiva utilizados em cozinhas industriais contribuem diretamente para a proteção e bem-estar dos trabalhadores no dia a dia

Muitas pessoas conhecem a sigla EPI, que trata dos equipamentos de proteção individual. Porém, há outra sigla que também é importante e você conhecer, principalmente quando pensamos na segurança de toda uma equipe de trabalho. Estamos falando dos EPCs, os equipamentos de proteção coletiva. E no post de hoje, vamos tratar mais especificamente dos EPCs usados em cozinha industrial. Continue a leitura no blog da EPI Tuiuti.

A importância dos EPCs usados em cozinha industrial

Como você bem sabe, principalmente se acompanha os conteúdos compartilhados por aqui, uma cozinha industrial é um ambiente que apresenta diversos riscos à saúde e bem-estar dos trabalhadores que passam horas ali, todos os dias. E é fácil entender o motivo: são vários os fatores que podem provocar acidentes físicos e problemas de saúde. Justamente por isso, os EPCs para cozinha industrial são tão importantes. Os principais são:

  1. Exaustores: são equipamentos de proteção coletiva utilizados para sucção de gases e vapores que podem prejudicar a respiração e consequentemente a saúde dos trabalhadores. Eliminam gases tóxicos e contaminantes da cozinha industrial, dissipando-os no ambiente externo.
  2. Placas sinalizadoras: como o próprio nome já deixa claro, são placas que sinalizam sobre os perigos existentes em uma cozinha industrial. Informam também sobre as principais normas de segurança obrigatórios, uso de EPIs e assim por diante.
  3. Piso antiderrapante: quem já pisou ao menos uma vez em uma cozinha industrial sabe o quão escorregadio é o solo. Por isso, o piso antiderrapante evita que o trabalhador escorregue e bate a cabeça, torça o pé e demais outros acidentes provocados por quedas.
  4. Protetor de partes moles: este EPC de cozinha industrial é menos conhecido, porém é igualmente importante, já que evita que partes moles de máquinas pesadas utilizadas na cozinha se soltem e atinjam as pessoas. Podemos citar como exemplo polias, engrenagens, correias, dentre outras.
  5. Enclausuramento: as pessoas não associam esta técnica a um EPC, mas é! O enclausuramento promove a proteção coletiva porque isola máquinas barulhentas e isso diminui problemas auditivos nos trabalhadores. Logo, os equipamentos que ultrapassam os decibéis permitidos devem conter isolamento acústico.
  6. Lava-olhos e chuveiros de segurança: são equipamentos de proteção coletiva porque podem (devem) ser utilizados por todos os trabalhadores e não de forma individual. São duas soluções essenciais e que evitam a contaminação por agentes químicos nos olhos e nas roupas.

Leia mais no blog: confira os principais cuidados e riscos no manuseio de máquinas e equipamentos

A EPI Tuiuti tem o que você procura!

Não perca mais tempo na internet pesquisando sobre equipamentos de segurança para o seu negócio comercial ou industrial. O que você precisa tem aqui. A EPI Tuiuti é uma empresa de renome e que trabalha há muitos anos neste que é um dos mercados mais acirrados de todo o Brasil. E isso acontece porque qualidade, profissionalismo, bons preços e condições especiais, são constantes.

Um bom exemplo disso, dentre vários outros produtos que você pode encontrar, são as placas de sinalização que podem ser instaladas em cozinhas industriais de todo o país. Estas soluções alertam sobre riscos no ambiente e contribuem diretamente para um dia a dia mais tranquilo e seguro.

Quer saber mais sobre outros EPCs para cozinha industrial? CLIQUE AQUI para enviar hoje mesmo um e-mail solicitando orçamento ou mesmo para esclarecer suas dúvidas iniciais sobre nossas soluções disponíveis. Caso deseje telefonar, nossa central de atendimento pode ser contactada pelo número +55 (11) 2090-2988. Ou por WhatsApp: +55 (11) 94712-3303.