Saiba quais são os EPIs indispensáveis para transporte de produtos perigosos

Para a compreensão dos Equipamentos de Proteção Individual necessários na realização de transporte de produtos perigosos, deve-se, primeiramente, compreender o que vem a ser uma carga perigosa, assim como uma carga com produtos perigosos.

Uma carga perigosa é entendida como qualquer carga que apresente risco, mesmo que essa não contenha produtos perigosos. Exemplos: Carga muito alta, caminhão de boiadeiro, carga liquida parcial, entre outras.

Já as cargas com produtos perigosos são aquelas cargas que contem, em seu interior, qualquer produto considerado como perigoso.

O transporte de produtos perigosos, por sua vez, é compreendido como toda a operação que seja necessária para transportar algum produto perigoso, envolvendo nesse sentido a carga, a descarga, o transbordo, o trafego, as manobras e o estacionamento.

Qualidade Online Carga perigosa

Ainda com relação ao estacionamento para veículos de transporte perigoso, ressalta-se que os veículos só poderão estacionar, seja para pernoitar ou para descansar, em áreas determinadas por autoridades competentes.

EPIs indispensáveis para o transporte de produtos perigosos

Vale destacar que, dependendo do produto a ser transportado, além dos EPIs

considerados como básicos, a NBR 9735 pode exigir também os seguintes equipamentos de proteção individual:

– Botas de Borracha;

– Calça, macacão e camisa de trevira;

– Óculos de segurança específico para produtos químicos;

Andre Padilha Ferreira EPIs indispensáveis

– Semi-mascara para proteção da boca e nariz;

– Luva de raspa;

– Respirador para pó;

– Mascara do tipo panorâmica;

– Mascara de fuga;

– Capacete com protetor facial;

– Colete de sinalização;

– Máscara contra gases tóxicos.